10 dicas para uma boa saúde mental

9 de outubro de 2018

A saúde mental é a parte da saúde geral que às vezes não prestamos atenção. Nós tendemos a atender mais a saúde física e, como conseqüência, alguns problemas podem aparecer. Mas como ter boa saúde mental? Eu parti da ideia de que a saúde geral abrange a saúde física, mental ou psicológica e a rede social que temos. Todos os três andam de mãos dadas, relacionam-se entre si e seu nível saudável proporciona bem-estar pessoal e, portanto, qualidade de vida. Se mantivermos hábitos saudáveis ​​de vida, porque eles melhoram nossa condição física, devemos saber que eles também melhoram o mental. Portanto, esses hábitos são positivos para nossa saúde geral, física, mental e social.

como ter boa saúde mental

Tabela de conteúdos

Como ter boa saúde mental?
1. Exercício físico moderado
2. Descanso adequado
3. Alimentação saudável
4. Relações Sociais
5. Atividades de lazer e tempo livre
6. Gestão de pensamentos
7. Comunicação eficaz com os outros
8. Relaxamento
9. Metas e objetivos realistas e alcançáveis
10. Procure ajuda
Conclusão
A questão de como ter uma boa saúde mental deve ser tão preocupada quanto a saúde física. Se você cuida do seu estado físico praticando esportes, vai ao médico quando está doente ou tenta se alimentar saudável, porque não cuida da sua saúde mental. Como expliquei, eles andam de mãos dadas, se relacionam e coexistem. Portanto, eu encorajo você a cuidar tanto fisicamente quanto psicologicamente. E se você precisar de ajuda, não hesite em nos escrever.

Como ter boa saúde mental?

Como expliquei no início, a maioria de nós está atenta à nossa saúde física, ao nosso estado de saúde. No entanto, não estamos cientes de que a saúde mental é tão importante quanto a saúde física e que, se psicologicamente não estivermos bem, isso afetará nosso corpo. Por isso, é essencial estar atento também à nossa saúde mental e tentar manter um equilíbrio da nossa saúde geral, pedindo ajuda, se necessário.

Então eu te ofereço 10 dicas que respondem à pergunta ” Como ter boa saúde mental ?”, Algumas recomendações que você pode adaptar aos seus interesses, gostos e agradáveis ​​atividades de lazer:
1. Exercício físico moderado

Se você faz exercícios físicos, alguma atividade moderadamente e várias vezes por semana, entre 2 e 3 dias / semana, você consegue, além de manter a forma, reduzir o nível de atividade fisiológica que está associada ao estresse, ansiedade ou raiva. e, portanto, aumentar seu bem-estar pessoal.
2. Descanso adequado

Descanse entre 7 e 8 horas por dia, dependendo da pessoa (alguns de nós precisam dormir mais do que outros para um descanso repousante), permite que você cuide de sua saúde porque melhora o desempenho físico e intelectual e reduz a probabilidade de alguns problemas físicos e psicológico.
3. Alimentação saudável

Manter uma dieta saudável faz você se sentir bem, permite que você aumente seu bem-estar pessoal. Se você escolher bem os alimentos em sua dieta, limitando gorduras, açúcares, álcool, aumentando o consumo de produtos frescos, como legumes e frutas, legumes, peixe azul … ou seja, uma dieta mediterrânea, você protege a saúde de seu cérebro e, portanto, sua saúde mental.
4. Relações Sociais

Cuidar e manter relacionamentos com outras pessoas ou iniciar novos relacionamentos é útil para certos problemas, como ansiedade ou estresse, evitar o isolamento e manter nosso cérebro mais ativo. Apoio social, contato saudável com pessoas que enriquecem, com pessoas com quem compartilhar, além de melhorar seu bem-estar, atrasa a deterioração das habilidades cognitivas, como a memória.
5. Atividades de lazer e tempo livre

Colocar em prática e desfrutar do seu tempo livre e atividades de lazer aumenta o seu bem-estar. Dedicarte tempo para realizar alguma atividade agradável sozinho ou na companhia de outras pessoas permite melhorar o seu humor e, portanto, melhorar a gestão das responsabilidades diárias como trabalho ou família. Aproveite esta atividade que o relaxa, encoraja, ajuda a desconectar ou a tomar uma perspectiva de situações problemáticas.
6. Gestão de pensamentos

Administrar adequadamente preocupações e pensamentos negativos excessivos e contínuos pode ajudá-lo a manter uma boa saúde mental. Esses tipos de pensamentos fazem com que você aja de uma determinada maneira, eles podem fazer você agir de maneira desesperada sem motivo ou encorajá-lo a abandonar alguma tarefa. Estar ciente deles, do que os ativa ou do que é verdade nesse pensamento que não nos deixa dormir são algumas das diretrizes a serem colocadas em prática. Sem dúvida, um profissional de saúde, como um psicólogo, poderá orientá-lo a realizá-lo.
7. Comunicação eficaz com os outros

Em muitas ocasiões, você pode encontrar problemas para se comunicar com os outros, para dar uma mensagem sem que a outra pessoa a entenda como você. Você pode transmitir verbalmente uma emoção e a outra não a entende, simplesmente porque você tem outra concepção dela. Tudo isso pode fazer você se sentir mal, incompreendido e reduzir seu bem-estar pessoal. As pessoas geralmente entendem do nosso ponto de vista, nossa experiência. Perguntar em vez de supor está neste caso primordial. E manter uma comunicação eficaz, abrangente, de forma simples, clara, direta, ativa melhora ativamente, sem dúvida, a relação com o outro e, portanto, o bem-estar.
8. Relaxamento

Quando você desfruta de momentos tranquilos e respira corretamente, sua mente relaxa, o estresse que você está vivenciando e o estresse diminui e, portanto, aumenta o seu bem-estar e cuida da sua saúde mental. Desfrute de um banho de espuma, um passeio na praia ou música que você gosta, sempre de acordo com seus gostos, pode reduzir seu nível de estresse. Além disso, você pode perguntar sobre uma técnica de relaxamento que irá ajudá-lo em momentos estressantes específicos e pode ajudá-lo a ficar relaxado de uma forma mais contínua.
9. Metas e objetivos realistas e alcançáveis

Para manter uma boa saúde mental, é importante que você defina metas no seu dia a dia, metas viáveis, prioridades e siga seu projeto de vida. Realize uma tarefa, esforce-se, comprometa-se a desenvolvê-la … tudo isto lhe trará grande satisfação, bem-estar e, portanto, boa saúde mental.

Leia também: Transtorno bipolar saiba o que é sintomas e tratamentos
10. Procure ajuda

Às vezes é difícil colocar essas dicas em prática. Situações, ambientes ou habilidades pessoais podem dificultar o desejo e a intenção de cuidar da saúde mental. Se você se encontrar nessas circunstâncias, procure ajuda, converse com seus amigos, com pessoas de sua confiança, com profissionais. Não pare de cuidar da sua saúde mental, procure o suporte necessário e cuide dele. E se você não sabe para onde ou onde se dirigir, pode pedir ajuda aqui . Vamos guiá-lo para alcançar seu objetivo, cuidar de sua saúde mental.
Conclusão

A questão de como ter uma boa saúde mental deve ser tão preocupada quanto a saúde física. Se você cuida do seu estado físico praticando esportes, vai ao médico quando está doente ou tenta se alimentar saudável, porque não cuida da sua saúde mental. Como expliquei, eles andam de mãos dadas, se relacionam e coexistem. Portanto, eu encorajo você a cuidar tanto fisicamente quanto psicologicamente. E se você precisar de ajuda, não hesite em nos escrever.

6 hábitos simples para manter uma boa saúde

Mudar alguns dos seus hábitos diários pode significar a diferença entre ter boa saúde e estar doente
Muitas vezes, devido à velocidade de vida que levamos, esquecemos que a saúde é um tesouro. Só valorizamos quando adoecemos. Mas, ter boa saúde é fundamental para levar uma vida feliz e agradável. Ser saudável significa que o nosso corpo funciona normalmente e que não há nada fora de equilíbrio. Ser saudável é também ter uma mente equilibrada e em harmonia com o corpo.

Leia também: Dermaroller funciona

Os hábitos saudáveis ​​são, em grande parte, o que determina que você tenha boa saúde. E quando me refiro a hábitos, falo precisamente do que você faz todos os dias: dormir, comer, manter-se hidratado, exercitar-se, tomar banho, proteger-se do sol. O desenvolvimento adequado desses hábitos certamente ajudará você a ter uma vida mais longa e saudável. Vamos fazer um tour por seis hábitos importantes para ter uma boa saúde:

1. Coma frutas e legumes
O ideal é comer nove porções de frutas e vegetais por dia. Mas sim, eu sei que você está abrindo seus olhos porque parece muito para você. Então lá vai: cinco. Coma cinco porções de frutas e vegetais por dia e você vai se salvar de várias visitas ao médico. Um estudo conduzido na Universidade de Harvard diz que essa quantidade fornece os antioxidantes e fibras necessários para reduzir doenças cardíacas e manter um peso saudável (uma porção equivale a cerca de meia fruta, ou meia xícara de fruta ou meia xícara). de vegetais).

2. Exercício
Idealmente, 30 minutos de exercício cardiovascular (ou mais) 5 dias ou mais por semana. Mas como eu sei que às vezes é difícil para você sair do sofá, porque há uma dose mais administrável: que tal 17 minutos por dia? Isso é equivalente a duas horas por semana. E você nem precisa fazer isso de uma vez! Você pode dividi-lo em segmentos. E os benefícios são infinitos: coração saudável, peso adequado, músculos tonificados, estar de bom humor … etc, etc …

3. Durma o suficiente
Se você é um daqueles que sempre dormem entre 7 e 8 horas por dia, você está no caminho certo. Estudos recentes indicam que aqueles que têm problemas para dormir ou dormir menos de 7 horas, estão aumentando o risco de hipertensão, doenças cardíacas e até mesmo diabetes. Nosso corpo precisa descansar e recarregar suas energias para ter uma boa saúde.

4. Mantenha-se hidratado
Antes era dito que oito era o número mágico de copos de água por dia que deveriam ser tomados. Agora sabe-se que não é necessário beber oito, mas beber líquidos com as refeições e sempre que sentir sede. Beba mais se você se exercitar ou estiver muito quente. Os únicos que não podem depender da sede para beber água são crianças pequenas e os idosos porque neles o mecanismo da sede não funciona bem e eles têm que se lembrar de beber. Eu não sei se você sabia, mas o corpo é feito de água e precisa desse líquido para funcionar. Outras fontes de líquido são frutas, sopa, chá e legumes. Lembre-se, água = boa saúde.

5. Lave as mãos
Idealmente com sabão e água, usando o sabão mínimo por 15 segundos. Vários estudos mostraram que lavar as mãos com água e sabão elimina mais de 90% dos micróbios que causam infecções e podem alterar sua boa saúde. Lave sempre as mãos depois de ir ao banheiro, tocando em alguém que esteja doente e quando estiver cozinhando. Especialmente quando você toca carne crua e legumes não lavados.

6. Use protetor solar
Diariamente Não importa se está nublado. Proteger a pele dos raios ultravioletas evitará lesões na pele, incluindo câncer. O ideal é um fator de proteção mínimo 15 bloqueador.

Ter e manter uma boa saúde depende em parte de nossos hábitos. É melhor prevenir do que remediar. Então, tome nota dessas dicas e coloque-as em prática!

Pomada Baby Med é boa?

Olá mamães e papais.

Como uma mamãe curiosa que sempre procura o melhor para meu filho, mas também o melhor para o financeiro de casa, procuro pesquisar e experimentar produtos para ver o que é, e o que não é tão bom assim.

Enquanto fazia o enxoval do bebê, comprei pomada da Bepantol Baby, Huggies 100 primeiros dias, Hipoglos e a Desitin. E a verdade é que como mãe de primeira viagem não tinha nem noção do que era bom ou não.
Quando meu filho nasceu, morria de medo de ele ficar assado, e nos primeiros meses usava muita pomada, nas muitas trocas.

Quando precisei renovar meu estoque de pomadas, vi que a conta iria ficar um pouco alta e dei aquela perguntada para o farmacêutico se tinha alguma pomada mais em conta, e ele disse que a Baby Med estava R$ 4,99. Achei super barato, e o ditado já diz: que quando a esmola é demais o santo desconfia, mas mesmo assim resolvi levar para provar.
E bom, para minha surpresa ela é uma boa pomada, cheiro bem delicado, ela não é tão pastosa, mas também não é muito aguada, consigo limpar as dobrinhas com facilidade, porém não uso ela muitos dias seguidos.
Uso ela durante o dia, e a Bepantol ou Hipoglos de noite, e digo o porque.

Leia também: Hipoglós reclamações

Percebi que ela é boa para a prevenção de assaduras em trocas durante o dia, mas quando o bebê fica um pouco a mais de tempo com a fralda – de noite por exemplo – meu bebê ficou com a pele um pouco vermelhinha, e com essa pomada não melhorava, mas era eu passar Bepantol, Hipoglos ou até mesmo Nistatina, que logo melhorava.

Em geral, achei que o custo beneficio vale a pena, mas com a ressalva da noite que coloquei ali acima =)

Vale a pena comentar que embalagem rosa e a azul são iguais. Sem nada diferente em sua composição. Existe uma pomada da mesma marca que é de amêndoas, uma cor marrom, e essa sim é diferente, porém nunca testei.

 

Terçol

Terçol ou hordéolo, como é chamado cientificamente, é uma inflamação das glândulas sebáceas localizadas na pálpebra, perto das raízes dos cílios.

Quando essa inflamação não é causada por bactérias, torna-se um calázio, que é menos doloroso e maior que o terçol. O calázio muitas vezes precisa de tratamento cirúrgico, ao contrário do terçol.

Apesar de não afetar a visão, o terçol provoca muito incomodo, além de dor e vermelhidão local. Pode desaparecer em menos de 7 dias, podendo necessitar de cirurgia em casos mais raros.

Causas
O terçol normalmente é causado pelo entupimento das glândulas sebáceas localizadas junto aos cílios e/ou pela infecção por bactérias. Na maior parte dos casos, o entupimento e a infecção estão associados.

Quando as bactérias invadem as glândulas, ativam a resposta imunológica do organismo, que envia para o local células de defesa para eliminar os micro-organismos invasores. Durante a “batalha”, muitas células morrem, formando o pus que acaba obstruindo o local.

Leia também: o que é Terçol

Outras causas de terçol:

Baixa imunidade;
Falta de higiene ao manusear lentes de contato;
Dormir sem remover a maquiagem;
Blefarite – inflamação da pálpebra com acúmulo de secreção gordurosa nos cílios, semelhante à caspa.
Os adolescentes estão mais sujeitos a desenvolver terçol devido à variação hormonal que influencia a produção de gordura.

É importante lembrar que o terçol não é contagioso, pelo que não há nenhuma necessidade do indivíduo com terçol ficar isolado em casa ou evitar o contato com outras pessoas.

Sintomas

O inchaço e a vermelhidão da pálpebra são sintomas característicos do terçol
Os sintomas do terçol são os seguintes:

Inchaço das pálpebras, com uma pequena elevação no local;
Coceira;
Vermelhidão;
Dor ao piscar ou mexer na pálpebra;
Sensibilidade à luz;
Pouca secreção.
VEJA TAMBÉM: Visão
Tratamento
O tratamento do terçol pode ser realizado em casa através do uso de medicamentos e ações de higiene, como destacado a seguir:

Higiene da pálpebra: Lavagem adequada do olho afetado e não deixar acumular secreção;
Compressa morna: Aplicação de calor local com uma gaze ou pedaço de algodão embebido em água morna, durante 15 minutos, 3 a 4 vezes ao dia;
Uso de pomadas e colírios: Se o terçol não desaparecer em até 15 dias, pode ser necessário utilizar colírios ou pomadas oculares com antibióticos e anti-inflamatórios.
O terçol de repetição, frequente em idosos e adolescentes, pode requerer o uso de antibiótico por via oral por um tempo prolongado.

Cirurgia para Terçol
A drenagem cirúrgica do terçol é necessária quando a lesão torna-se crônica e não regride com o tratamento clinico. A cirurgia consiste numa incisão na lesão para drenar o conteúdo do abscesso, feita com anestesia local.

Adote estas sete dicas de ouro e seja saudável para a vida.
Ter uma vida saudável é, certamente, um desejo de todos nós. A saúde tem impacto em todas as áreas da nossa vida, sendo que sem saúde, esta muda radicalmente.

Leia também: emagrecimento

Muitas vezes perguntamo-nos “O que fazer para ser saudável?”, “Como ter uma vida saudável?”, “Como manter uma vida feliz e saudável?”. Com base no conhecimento dos profissionais da American Heart Association (AHA), foram identificados sete fatores e comportamentos que podemos adotar para ter uma boa saúde cardíaca e que poderão ter um impacto significativo na qualidade e tempo de vida.

Estas fatores não são apenas “boas ideias” mas sim as sete coisas mais importantes que podemos fazer para viver de forma saudável por muito tempo. Segundo pesquisas efetuadas, ao aderir a pelo menos seis destas “regras” irá reduzir o risco de morte precoce. Os investigadores descobriram que por cada uma destas sete “regras” reduz em 23% o risco de desenvolver problemas cardíacos.

A lista foi compilada originalmente pela American Heart Association para prevenir doenças cardíacas, no entanto, novas pesquisas demonstram que esta também pode ajudar a prevenir o cancro, sendo que aderindo a seis ou sete dos fatores, é possível reduzir o risco de cancro em 51%, comparativamente a pessoas que não seguem nenhuma destas “regras”. Ao aderir a quatro “regras” reduz o risco em 33% e a uma ou duas pode reduzir até 21%.

1. Controlar a pressão arterial

A pressão arterial elevada é um fator de risco para doenças cardíacas e derrames. Quando a pressão arterial permanece dentro de limites saudáveis há uma redução da pressão sobre o coração, artérias e rins, mantendo-o saudável por mais tempo.

2. Controlar o colesterol

O colesterol elevado contribui para a placa, que pode entupir artérias e levar a doenças cardíacas e derrames. Ao controlar o colesterol está a prevenir o bloqueio das artérias.

3. Reduzir o açúcar no sangue

A maioria dos alimentos que comemos é transformada em glicose (ou açúcar no sangue) e utilizada pelo corpo para ter energia. Ao longo do tempo, elevados níveis de açúcar no sangue podem danificar o coração, rins, olhos e nervos.

4. Ser ativo

Ter uma vida ativa é um dos melhores presentes que pode dar a si mesmo e aqueles que ama. Simplificando, atividade física diária aumenta o tempo e a qualidade de vida.

5. Comer melhor

Uma dieta saudável é uma das suas melhores armas para combater as doenças cardiovasculares. Se tiver uma dieta saudável para o coração, vai melhorar aumentar a probabilidade de se sentir bem e permanecer saudável – para a vida!

6. Perder peso

Quando perde gordura e peso desnecessários reduz a carga sobre o coração, pulmões, vasos sanguíneos e esqueleto. Ao ser mais ativo vai baixar a pressão arterial e consequentemente, irá sentir-se melhor.

7. Parar de fumar

Os fumadores têm um maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Se fuma, parar de fumar é a melhor coisa que pode fazer pela sua saúde.

Super Chá da Vida funciona?

Chá da Vida é um extrato concentrado de plantas selecionadas e de excelentes qualidades, traz diversos benefícios ao organismo, mostrou-se muito eficiente ao diabético por ajudar a tratar pâncreas e contribuir no aumento da produção natural de insulina. A insulina vegetal é uma planta medicinal que contém elevada quantidade de flavonóides e canferol livre que podem ajudar a normalizar a glicemia no sangue. Todas elas são tratadas por este Super Chá , em 30 dias já sentirá os resultados do produto. Por ser totalmente natural, a indústria farmacêutica tenta manipular e esconder os benefícios do super chá da vida para os pacientes diabéticos, e dessa forma criar uma maior dependência dos medicamentos.

Produto está aprovado! Os ingredientes presentes no chá possuem efeito detox que fará desintoxicação orgânica que impede você de emagrecer e consequentemente sua insulina ficará estável que trará inúmeros benefícios a sua saúde e eliminando as consequências que a diabetes provoca no seu corpo.

Super Chá da Vida funciona para qualquer tipo de pessoa? A resposta é SIM! Super Chá da Vida funciona para qualquer pessoa que esteja sofrendo com diabetes tipo 1 ou 2, que possui colesterol ruim alto ou que necessita emagrecer e perder peso, uma vez que sua formula contém ingredientes detox.

suplemento é um extrato concentrado de plantas selecionadas, de excelentes qualidades e que trazem diversos benefícios ao corpo. produto já foi testado e mostrou incríveis resultados e eficiência para os diabéticos. Super Chá da Vida trata pâncreas e aumenta a produção natural de insulina.

Perfect Caps funciona atuando na desintoxicação do seu organismo, proporcionando mais saúde a seu corpo de forma geral, dando a sua pele um aspecto mais jovial e saudável. Pata de Vaca­- trata-se de um produto natural que consegue reduzir as quantidades de açúcar no organismo. Sendo assim, é um hipoglicêmico natural e pode ser encontrado no chá.

Contém substâncias como os alcaloides que além de reduzirem a taxa de açúcar no sangue, também diminui os triglicerídeos, colesterol total e colesterol ruim”. Já pensou curar da diabetes sem precisar de remédios? Depois de vários testes e comprovações, Super Chá da Vida chega ao mercado com resultados incríveis para melhorar a saúde de quem sofre com a diabetes.

Sim! Chá da Vida já foi vendido para centenas de milhares de pessoas no Brasil. Todos os seus dados estarão protegidos e a entrega do produto é garantida. Acredito que você já tenha percebido que Super Chá da Vida realmente funciona. Agora basta você adquirir seu e começar a desfrutar dos benefícios desse produto.

Novo termogênico natural que está fazendo maior sucesso no Brasil. Super Fit Pro é composto por 14 substâncias 100% naturais que promovem um efeito detox, inibe apetite e ainda atua diretamente super chá da vida na queima de gordura. Sua composição é: Linhaça dourada, Quinoa, Chia, Maracujá, Banana Verde, Feijão Branco, Berinjela, Maçã, Soja, Açaí, Guaraná, Inulina, Chá Verde e Cromo.