Terçol

Terçol

Terçol ou hordéolo, como é chamado cientificamente, é uma inflamação das glândulas sebáceas localizadas na pálpebra, perto das raízes dos cílios.

Quando essa inflamação não é causada por bactérias, torna-se um calázio, que é menos doloroso e maior que o terçol. O calázio muitas vezes precisa de tratamento cirúrgico, ao contrário do terçol.

Apesar de não afetar a visão, o terçol provoca muito incomodo, além de dor e vermelhidão local. Pode desaparecer em menos de 7 dias, podendo necessitar de cirurgia em casos mais raros.

Causas
O terçol normalmente é causado pelo entupimento das glândulas sebáceas localizadas junto aos cílios e/ou pela infecção por bactérias. Na maior parte dos casos, o entupimento e a infecção estão associados.

Quando as bactérias invadem as glândulas, ativam a resposta imunológica do organismo, que envia para o local células de defesa para eliminar os micro-organismos invasores. Durante a “batalha”, muitas células morrem, formando o pus que acaba obstruindo o local.

Leia também: o que é Terçol

Outras causas de terçol:

Baixa imunidade;
Falta de higiene ao manusear lentes de contato;
Dormir sem remover a maquiagem;
Blefarite – inflamação da pálpebra com acúmulo de secreção gordurosa nos cílios, semelhante à caspa.
Os adolescentes estão mais sujeitos a desenvolver terçol devido à variação hormonal que influencia a produção de gordura.

É importante lembrar que o terçol não é contagioso, pelo que não há nenhuma necessidade do indivíduo com terçol ficar isolado em casa ou evitar o contato com outras pessoas.

Sintomas

O inchaço e a vermelhidão da pálpebra são sintomas característicos do terçol
Os sintomas do terçol são os seguintes:

Inchaço das pálpebras, com uma pequena elevação no local;
Coceira;
Vermelhidão;
Dor ao piscar ou mexer na pálpebra;
Sensibilidade à luz;
Pouca secreção.
VEJA TAMBÉM: Visão
Tratamento
O tratamento do terçol pode ser realizado em casa através do uso de medicamentos e ações de higiene, como destacado a seguir:

Higiene da pálpebra: Lavagem adequada do olho afetado e não deixar acumular secreção;
Compressa morna: Aplicação de calor local com uma gaze ou pedaço de algodão embebido em água morna, durante 15 minutos, 3 a 4 vezes ao dia;
Uso de pomadas e colírios: Se o terçol não desaparecer em até 15 dias, pode ser necessário utilizar colírios ou pomadas oculares com antibióticos e anti-inflamatórios.
O terçol de repetição, frequente em idosos e adolescentes, pode requerer o uso de antibiótico por via oral por um tempo prolongado.

Cirurgia para Terçol
A drenagem cirúrgica do terçol é necessária quando a lesão torna-se crônica e não regride com o tratamento clinico. A cirurgia consiste numa incisão na lesão para drenar o conteúdo do abscesso, feita com anestesia local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *